ARDH promete nova acção judicial contra os frelimistas do topo que ficaram com o terreno do Mercado do Peixe

1
614

Maputo (Canalmoz) – O presidente da Associação Rede dos Direitos Humanos, Sérgio Matsinhe, disse que, na próxima sexta-feira, 14 de Outubro, vai intentar uma acção junto do Tribunal Judicial de Maputo, para a devolução do espaço dos vendedores do “Mercado de Peixe”, arrancado pelo Conselho Municipal de Maputo. Os vendedores contestam as condições encontradas no novo local para onde foram enviados, que incluem taxas altas que são cobradas pelo Conselho Municipal, até para uso de casas de banho.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 + 8 =