“Nunca conheci uma paz efectiva em Moçambique desde o meu nascimento”

0
563

Maputo (Canalmoz)Moçambique celebra no dia 4 de Outubro 30 anos do Acordo Geral de Paz de Romana assinado entre o Governo e a Renamo, pondo fim a uma guerra que durou 16 anos. Nestes 30 anos do AGP, Moçambique conheceu vários acordos, sendo o mais recente chamado Acordo de Paz Definitiva e Reconciliação de Maputo. A assinatura de sucessivos acordos levou estudiosos com interesse na matéria a considerarem Moçambique um país de acordos. Enquanto estudiosos chamam a Moçambique país de acordos, o Arcebispo de Nampula e presidente da Conferência Episcopal de, Dom Inácio Saure, prefere dizer que, desde que nasceu, nunca sentiu uma paz efectiva em Moçambique. Para ele, a paz não se limita ao silêncio do ribombar das armas, vai até ao respeito rigoroso pelo bem comum, enquanto base e princípio de uma moral social e política.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × 1 =