Governo deteve vinte e sete operativos e nenhum mandante

0
156

Maputo (Canalmoz) – O Governo diz que deteve, este ano,vinte e sete indivíduos ligados a onze raptos, ocorridos ao longo deste ano, nas províncias de Maputo, Manica, Sofalae Nampula. A cidade de Maputo lidera a lista, com sete raptos. Entre os detidos não consta qualquer mandante.

A informação foi divulgada ontem, quinta-feira, 17 de Novembro, pela ministra do Interior, Arsénia Massingue, no segundo e último dia da Sessão de Perguntas ao Governo. Normalmente, os detidos têm sido os executores dos raptos:motoristas, responsáveis pelos cativeiros e, em alguns casos, os responsáveis pela disponibilização das casas que servem de cativeiros, que, muitas vezes, nem sabem para que fins as casas estão a ser arrendadas. Os verdadeiros cérebros dos raptos continuam livres.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 − 4 =