Max Tonela diz que problemas com TSU resultam de má interpretação e gestão de expectativas

0
192

Maputo (Canalmoz) – O Governo esteve na Assembleia da República, na quarta-feira, 9 de Novembro, a pedido da bancada parlamentar da Renamo, para explicar as incongruências na Tabela Salarial Única que estão a deixar a Função Pública em ebulição, com risco de paralisação dos serviços públicos. Os médicos convocaram uma greve (que foi suspensa, depois de chegarem a um acordo de princípios com o Governo), os professores ameaçam paralisar as actividades, não vigiar nem corrigir os exames, os juízes e os procuradores estão insatisfeitos e pretendem impugnar a TSU. Os enfermeiros estão insatisfeitos, a Polícia e asForças Armadas estão insatisfeitas.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quinze − 4 =