domingo, abril 21, 2019
Maputo (Canalmoz) – O Fundo Monetário Internacional disse, na terça-feira, que, embora seja ainda cedo para serem avaliados os efeitos macro-económicos do ciclone tropical  “Idai”, os custos da reconstrução serão muito grandes, por isso a comunidade internacional terá de...
Uma vela de iluminação, que custava 10,00 meticais, custa agora 40,00 meticais. Beira (Canalmoz) – A Inspecção Nacional de Actividades Económicas, através do seu delegado provincial em Sofala, António Chisseve, veio a público, na quinta-feira, dizer o que já se...
Maputo (Canalmoz) – O Governo divulgou na internet os principais contratos com as empresas multinacionais petrolíferas que operam em Moçambique. Assim, já podem ser consultados, desde quinta-feira, nas páginas web do Ministério dos Recursos Minerais e Energia e do...
Maputo  (Canalmoz) – Tibério Macinda é um cidadão residente no Bairro Infulene “D”, na cidade da Matola. Para sobreviver, depende de pequenos trabalhos remunerados. Os ponteiros de relógio indicavam que em pouco menos de cinco minutos seriam 20h00, horário...
Maputo (Canalmoz) – A “Sasol” anunciou, ontem, a adjudicação à empresa de construção civil CETA de um contrato de 4,5 milhões de dólares para a construção de um Centro de Formação Técnico-Profissional permanente em Inhassoro. Ler mais na versão PDF...
Maputo  (Canalmoz) – A empresa Hidroeléctrica de Cahora Bassa produziu  13,659 GWh no ano passado, mais 1,39% acima do planeado. Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.
Maputo (Canalmoz) – Seis ex-membros do Conselho de Administração do extinto “Nosso Banco” foram sancionados pelo Banco de Moçambique, com multas de 500.000,00 meticais cada e inibição ocupar cargos sociais e de funções de gestão em instituições de crédito...
Maputo (Canalmoz) – A empresa sul-africana “Sasol” investiu, em 2018, 3,2 biliões de dólares na aquisição de bens e serviços em pequenas e médias empresas moçambicanas. Esta informação foi dada, na passada sexta-feira, pelo director nacional de Conteúdo Local na...
Através da análise à economia moçambicana, a agência financeira “Fitch” prevê que a dívida pública do país chegue a 102,5% do PIB este ano, e a economia deverá crescer 3,5% este ano. Maputo (Canalmoz) – A agência de notação financeira...
Diz também que continua a haver casos de combustíveis não marcados, ou seja, fora do sistema. Maputo (Canalmoz) – O Governo decidiu iniciar um processo de marcação de combustíveis, desde 1 de Agosto deste ano, uma actividade desenvolvida por uma...