terça-feira, julho 16, 2019
Através da análise à economia moçambicana, a agência financeira “Fitch” prevê que a dívida pública do país chegue a 102,5% do PIB este ano, e a economia deverá crescer 3,5% este ano. Maputo (Canalmoz) – A agência de notação financeira...
Maputo (Canalmoz) – Representantes do empresariado nacional acusam o Governo moçambicano de pouco fazer para tirar a economia do marasmo em que se encontra. O sector privado considera que as acções do Governo chefiado por Filipe Nyusi são arcaicas...
Maputo (Canalmoz) – O governador do Banco de Moçambique, Rogérgio Zandamela, disse, na segunda-feira, em Maputo, que, actualmente, a contribuição do sector do turismo para a Balança de Pagamentos está muito abaixo das suas potencialidades. Falando durante a cerimónia da assinatura...
Barry Faure, secretário do Estado do Gabinete das Relações Exteriores das Seychelles Maputo (Canalmoz) – O Secretário do Estado do Gabinete das Relações Exteriores na Presidência da República das Seychelles, Barry Faure, pediu ao Governo de Moçambique 75 megawatts de...
Diz também que continua a haver casos de combustíveis não marcados, ou seja, fora do sistema. Maputo (Canalmoz) – O Governo decidiu iniciar um processo de marcação de combustíveis, desde 1 de Agosto deste ano, uma actividade desenvolvida por uma...
Maputo (Canalmoz) – O governador do Banco de Moçambique, Rogério Zandamela, anunciou, na quarta-feira, que a dívida pública interna aumentou em 3,1 mil milhões de meticais, de Fevereiro a Março de 2018, ao passar de 104,7 mil milhões para os...
Maputo (Canalmoz) – O Fundo Monetário Internacional disse, na terça-feira, que, embora seja ainda cedo para serem avaliados os efeitos macro-económicos do ciclone tropical  “Idai”, os custos da reconstrução serão muito grandes, por isso a comunidade internacional terá de...
Maputo (Canalmoz) – O Zimbabwe e a Zâmbia deverão receber 500 megawatts de electricidade da HCB, caso consigam chegar a acordo com Moçambique. O acordo poderá ser estimulado pela necessidade de Moçambique reduzir os fluxos de água na barragem...
O Governo moçambicano prevê, para este ano, uma taxa de crescimento económico de 4,7%. O primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, falava, na segunda-feira, 9 de Outubro, em Maputo, durante a abertura da “Décima Terceira Conferência e Décima Quarta Assembleia-Geral Ordinária...
Maputo (Canalmoz) – Com o bloqueio ao apoio directo ao Orçamento do Estado ainda vigente, o Banco Mundial e outros parceiros continuam com o apoio sectorial. Na quarta-feira, o Banco Mundial firmou em Maputo um acordo avaliado em 80...