domingo, abril 21, 2019
Maputo (Canalmoz) – Desde Janeiro, as operações nos terminais de pagamento automático, conhecidos como ATM’s, passaram a ser mais caras. A Associação Moçambicana de Bancos (AMB) justifica o aumento das comissões com o agravamento dos custos de operação, a...
HCB diz-se sólida para a venda dos seus 7,5% de acções Maputo (Canalmoz) – A Hidroecléctrica de Cahora Bassa, descrita como o maior empreendimento económico moçambicano, declarou uma produção anual acima do que estava planeado para o ano de 2017. Segundo...
Beira (Canalmoz) – O Conselho Municipal da Beira lançou, passada na sexta-feira, a primeira pedra para a reabilitação da antiga Estrada Nacional Número 6, no troço entre a Brigada Montada, no Bairro de Inhamízua, e a Praça André Matsangaisse,...
Maputo (Canalmoz) – Representantes do empresariado nacional acusam o Governo moçambicano de pouco fazer para tirar a economia do marasmo em que se encontra. O sector privado considera que as acções do Governo chefiado por Filipe Nyusi são arcaicas...
O Governo moçambicano prevê, para este ano, uma taxa de crescimento económico de 4,7%. O primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, falava, na segunda-feira, 9 de Outubro, em Maputo, durante a abertura da “Décima Terceira Conferência e Décima Quarta Assembleia-Geral Ordinária...
Banco de Moçambique cria pânico sobre a “bitcoin” O Banco de Moçambique diz que não regula a criptomoeda, quando, na verdade, o ponto forte das criptomoedas é a sua descentralização e não regulação pelos Bancos Centrais. Maputo (Canalmoz) – “Criptomoeda” é...
Maputo (Canalmoz) – Seis ex-membros do Conselho de Administração do extinto “Nosso Banco” foram sancionados pelo Banco de Moçambique, com multas de 500.000,00 meticais cada e inibição ocupar cargos sociais e de funções de gestão em instituições de crédito...
Maputo (Canalmoz) – A empresa sul-africana “Sasol” investiu, em 2018, 3,2 biliões de dólares na aquisição de bens e serviços em pequenas e médias empresas moçambicanas. Esta informação foi dada, na passada sexta-feira, pelo director nacional de Conteúdo Local na...
E recomenda angariação de receitas internas para assegurar sustentabilidade da dívida e criar investimentos.  Maputo (Canalmoz) – Quando faltam dois meses para o fim do ano, o Fundo Monetário Internacional diz que a economia da Africa Subsariana, Moçambique incluído, vai...
Uma vela de iluminação, que custava 10,00 meticais, custa agora 40,00 meticais. Beira (Canalmoz) – A Inspecção Nacional de Actividades Económicas, através do seu delegado provincial em Sofala, António Chisseve, veio a público, na quinta-feira, dizer o que já se...