Já há arguidos no caso do rapto e assassinato de empresário turco Hayyum Alimamade, dono da cadeia de gelados “Vanilla”, foi raptado no dia 14 de Dezembro, na Matola, e posteriormente foi assassinado pelos sequestradores, em clara demonstração de brutalidade e impunidade. Os bandidos telefonaram à família da vítima a indicar aonde deviam encontrar o corpo, e, quando lá chegaram, efectivamente estava lá o corpo do empresário, mas sem vida e com sinais de tortura.