sexta-feira, setembro 20, 2019

Não vote em caloteiros!

Beira (Canalmoz) – Estou a pedir para que, antes de colocar o X ou a impressão digital no boletim de voto, pense mais um pouco a fim de não se arrepender pelo resto dos próximos cinco anos. Acredite na...

Heliodoro Baptista

Beira (Canalmoz) – Vou contar-vos uma coisa inédita: eram nove horas de uma manhã veraniça do ano 2001, quando bati à porta do excelso e honorável poeta Heliodoro Baptista, na sua “flat”, do Prédio Grelha, na Ponta-Gêa. O poeta...

Violência eleitoral

Beira (Canalmoz) – Está a ganhar corpo uma espiral de violência assustadora contra membros das forças da oposição por parte de simpatizantes do partido governamental, apesar de todos os apelos que chegam de todos os quadrantes da sociedade civil,...
Beira (Canalmoz) – Na primeira semana de Setembro de 2001, enquanto correspondente do “Savana” na Beira, fui convidado a cobrir a Cimeira tripartida dos, na altura,chefes de Estado Robert Mugabe (Zimbabwe), Bakili Maluzi e Joaquim Chissano, destinada a mediar...

#Movimento# Nyusi não!

Beira (Canalmoz) – É só ver os banhos de multidões que acompanham alguns dos candidatos partidários da oposição às próximas eleições. Há um movimento silencioso e contestatário (no bom sentido), para mandar às favas o Nyusi, do qual Rosário...

Terrorismo de Estado

Esquadrões da morte são uma parte das forças de defesa e segurança do Governo formadas e treinadas para perseguir, raptar e assassinar membros da oposição, de modo particular, pertencentes à Renamo e ao MDM. Nesta “árdua”  tarefa de eliminar...
Beira (Canalmoz) – Os moçambicanos acordaram assustados, ontem, pela história de um famigerado jovem, que passando por rico e com contactos ao nível da classe dominante, conseguiu ludibriar uma rapariga e a família desta, no seu desejo de dar...
Beira (Canalmoz) – No nosso país, nada tende a mudar, nem com a mudança do nome dos ministérios, nem com a mudança dos presidentes. No tempo colonial, mudava-se o nome do ministro da colónia, mas a colónia mantinha-se inalterável. No...

Grito negro

Ontem era Patrão da nação, dançava agachando-se, até arrastar as calças ao chão, hoje o Patrão não dança e aparece desfocado em público, o tambor toca, e o Patrão não dança. Ontem o Patrão já fora ministro, mandava matar,...
Beira (Canalmoz) – A semana passada foi o cume de intervenções dos bebés chorões da creche frelimista. Os bebés chorões têm vindo a manifestar na rede social dominante a despeito do meu livro “Dhlakama A Longa Luta em Defesa da...